PRESTAÇÃO DE CUIDADOS

 

 

A nossa página também é vossa, todas as nossas partilhas e todas as nossas publicações estão agora visíveis para nos conhecerem melhor.

Procuramos ser um serviço aberto à comunidade com uma filosofia de disponibilidade orientadora da postura e atuação dos profissionais do CHMA.

Prestamos assistência às utentes da zona de influência do CHMA, mas também a todas as outras que aqui recorram qualquer que seja a sua zona de residência.

Dentro da Rede de Referenciação Materno-Infantil, a nossa instituição surge como um Hospital de Apoio Perinatal.

Estamos empenhados em garantir a excelência na qualidade dos cuidados de saúde prestados, a segurança e a satisfação dos utentes, promover o desenvolvimento profissional através da formação e fomentar a satisfação dos profissionais.

Temos um conjunto de profissionais devidamente qualificados e dedicados que desempenham funções nas diferentes áreas para assegurar a assistência diferenciada e de qualidade às nossas utentes.

O CHMA está neste momento em fase de candidatura a Hospital Amigo dos Bebés iniciativa da OMS/UNICEF ao incentivo e promoção do aleitamento materno.

O nosso princípio é a cooperação, por isso, agradecemos qualquer sugestão ou propostas de melhoria.
 

 

Definição

 

A palavra Ginecologia significa literalmente “a ciência da mulher”, e Obstetrícia significa “a arte dos partos”. Na medicina, ginecologia e obstetrícia é a especialidade que trata de doenças do sistema reprodutor feminino e da mulher enquanto grávida.

 

 

A relação com os doentes

 

Os nossos profissionais são cumpridores dos princípios éticos e legais e promovem um ambiente de respeito, segurança e facilitador da boa relação médico/paciente cujo objetivo é a satisfação das necessidades das pacientes e dos profissionais.

Procuramos identificar, atualizar e efetuar as melhores práticas clínicas garantindo uma melhoria contínua na prestação de cuidados às mulheres com patologias do aparelho genital, grávidas com ou sem patologia, assistência ao trabalho de parto, parto e puerpério, e aos recém-nascidos.

 

 

Missão

 

A nossa missão é oferecer uma assistência personalizada, diferenciada e de qualidade às mulheres em todas as fases da sua vida.

Somos um serviço aberto à comunidade e temos uma filosofia de disponibilidade guiada por uma cultura interna de multidisciplinaridade, trabalho em equipa e excelência técnica. Procuramos a implementação e desenvolvimento de áreas de diferenciação e de referência na prestação de cuidados de saúde.

 

 

Integração da mesma dentro do CHMA

 

O Serviço de Ginecologia e Obstetrícia do CHMA integra uma equipa multidisciplinar experiente e atualizada de obstetras e ginecologistas, enfermeiras especialistas em saúde materna e obstetrícia, enfermeiros generalistas, pediatras, anestesistas, assistentes sociais, psicólogas, nutricionistas, assistentes técnicos e assistentes operacionais.

 

 

Valores

 

Os valores assumidos pelos profissionais do Serviço de Ginecologia e Obstetrícia do CHMA são a humanização, a competência, o respeito pela dignidade individual, a ética profissional, o espírito de equipa, a valorização pessoal e profissional e a responsabilidade para com as pacientes.

 

A Ginecologia dedica-se à prevenção, diagnóstico e tratamento das doenças do aparelho genital feminino.

 

São referenciadas à Ginecologia mulheres com patologia variada nomeadamente: miomas uterinos, pólipos, quistos anexiais, vulvovaginites, hemorragia uterina anómala, dor pélvica, amenorreia, incontinência urinária, entre outras.

 

A Obstetrícia é a especialidade médica que assiste a mulher, enquanto grávida, durante o trabalho de parto e no pós-parto.

 

São referenciadas à consulta de Gravidez de Termo, grávidas com idade gestacional igual ou superior a 35 semanas. Nas consultas de Obstetrícia de risco são vigiadas grávidas com múltiplas patologias, incluindo hipertensas, diabetes gestacional, maus antecedentes obstétricos, endocrinopatias, colestase intra-hepática da gravidez, gravidez após cirurgia bariátrica, fetos com restrição de crescimento, com patologia malformativa, gestações gemelares, entre outras.
 

Como se divide o trabalho da especialidade no CHMA

 

O Serviço de Ginecologia e Obstetrícia do CHMA funciona na Unidade de Famalicão (UF) e Unidade de Santo Tirso (UST) e é constituído pelas seguintes valências:

 

Ø Serviço de Urgência Ginecologia/Obstetrícia/Bloco de Partos - piso 1 (UF)

Ø Consulta Externa de Obstetrícia e Ginecologia -Clínica da Mulher e da Criança - piso 0 (UF e UST)

Ø Internamento de Obstetrícia - piso 3 (UF)

Ø Internamento de Ginecologia – piso 2 e 3 (UF)

Ø Diagnóstico Pré-Natal - Clínica da Mulher e da Criança - piso 0 (UF)

Ø Bloco Operatório Central – piso 1(UF)

Ø Bloco Operatório de Ambulatório – (UST)

 

 

 

Serviço de Urgência de Ginecologia e Obstetrícia 

 

As mulheres que recorrem ao Serviço de Urgência de Ginecologia e Obstetrícia do CHMA devem fazer a sua inscrição no secretariado da Urgência Geral e depois são submetidas a uma triagem pelo Sistema de Triagem de Manchester onde é atribuído, de acordo com o grau de urgência da situação, uma das 5 cores: cor vermelha, laranja, amarela, verde ou azul. O objetivo da triagem é atribuir uma prioridade (cor) e encaminhar as utentes para observação da especialidade médica, de acordo com os protocolos existentes.

Os tempos de espera variam consoante a afluência de utentes à urgência. Este tempo de espera pode ser consultado na página principal do site do CHMA e na aplicação do SNS.

Ao ser encaminhada para o SU de Ginecologia e Obstetrícia, a utente é chamada para observação, após a qual várias são as hipóteses de orientação:

Ø Procedimentos na Sala de Enfermagem (exemplo: administração de terapêutica, soroterapia, colheita de sangue);

Ø Exames complementares de diagnóstico (exemplo: ecografia, análises e cardiotocografia)

Ø Permanência em Sala de Observações (ex. administração de terapêutica endovenosa);

Ø Internamento no Bloco de Partos;

Ø Internamento no Serviço de Ginecologia e Obstetrícia

Ø Transferência para o Serviço de Urgência Geral sempre que houver necessidade de observação por outra especialidade;

Ø Alta.

Durante a sua permanência na Urgência, as utentes podem contar com a disponibilidade, o empenho e a qualidade na assistência por parte de todos os profissionais do serviço.

 

 

Bloco de Partos/Urgência do CHMA

A Urgência situa-se no 1º piso e juntamente com o Bloco de Partos, constitui um serviço único, com áreas distintas, mas contíguas e que funcionam durante 24 horas em articulação, com uma equipa multidisciplinar comum. As instalações são recentes, espaçosas e equipadas com todo o material necessário à prestação de cuidados de excelência.
 

Toda a metodologia de trabalho tem como alicerces a humanização e satisfação das utentes/família.

 As utentes que recorrem ao CHMA são triadas e observadas em salas de observação individual, onde se respeita a confidencialidade e privacidade. As mulheres são observadas, tratadas, recebem alta ou são encaminhadas para o internamento quando indicado. As grávidas, quando em trabalho de parto, são encaminhadas para o Bloco de Partos.

A equipa do bloco de partos é composta por: obstetras, neonatalogistas e anestesistas de competência e experiência reconhecidas; Enfermeiras Especialistas em Saúde Materna e Obstetrícia para cuidar da mulher, da grávida e o recém-nascido; assistentes operacionais experientes em cuidados às utentes em trabalho de parto.

Nos últimos anos tem sido implementadas mudanças importantes na assistência à mulher grávida onde procuramos respeitar a fisiologia da gravidez e parto, estimular a autonomia da mulher/casal e devolver o protagonismo do parto à mulher. Estamos empenhados em oferecer uma assistência humanizada ao parto.

Todas as salas são equipadas com cardiotocógrafos, permitindo, se necessário, a monitorização permanente do bem-estar materno-fetal. Os quartos estão dispostos longitudinalmente e a vigilância é realizada através de uma central informatizada, permitindo aos profissionais ter uma visão global e o cuidado adequado do bem-estar materno-fetal de todas as grávidas e respetivos fetos.

As utentes dispõem de colunas de som em todas as salas, podendo levar uma playlist da sua preferência e acesso a Wi-Fi gratuito.

O Serviço de Obstetrícia dispõe de uma equipa aberta e disponível para analisar e discutir o Plano de Parto. Recomendamos que nos contactem por e-mail para marcação da consulta de plano de parto.

É permitida, a presença de uma pessoa significativa no decurso de todo o trabalho de parto. É privilegiado o acompanhamento contínuo não invasivo da grávida favorecendo o bem-estar físico e emocional da mulher ao longo do trabalho de parto e parto, na promoção de um ambiente de confiança e de segurança.

Facilitamos o corte do cordão umbilical pela mãe ou acompanhante e fomentamos o contacto precoce pele a pele após o nascimento entre a mãe, o pai e o recém-nascido nos primeiros minutos de vida.

Atua-se de forma a proteger, promover e apoiar o aleitamento materno através da informação e orientação das grávidas e mães.

Um ambiente de penumbra ou de meia-luz, com música ao gosto da grávida do casal é para a maioria das mulheres, mais favorável ao relaxamento;

Durante o trabalho de parto é estimulada a deambulação e é dada liberdade na escolha da posição e movimento, inclusive no período expulsivo.

É permitida a ingestão de alguns alimentos sólidos e líquidos conforme a fase de trabalho de parto.

Os cuidados imediatos ao recém-nascido são prestados junto dos pais.

Ao longo de todo o trabalho de parto, disponibilizamos medidas de conforto à parturiente, nomeadamente a utilização da massagem com as mãos ou com a bola de massagem, com ou sem óleos essenciais, técnicas respiratórias próprias, bola de nascimento, arco, rebozo, duche, calor localizado com saco de sementes, deambulação livre, entre outros. Contamos sempre com a experiencia e a disponibilidade das enfermeiras especialistas no apoio para efetivação e ajuda às diversas técnicas de alívio da dor ou do stress.

Disponibilizamos durante 24horas, analgesia farmacológica para alívio da dor, nomeadamente, analgesia EV e loco-regional. Efetuamos a técnica de “walking epidural” onde é possível, com analgesia instalada, a grávida manter-se em atividade, nomeadamente caminhar e executar qualquer atividade física.

A presença do Bloco Operatório no mesmo piso que o Bloco de Partos, veio oferecer às nossas utentes segurança acrescida nos casos urgentes/emergentes.

Após o parto, as utentes permanecem cerca de duas horas no Bloco de Partos antes de serem transferidas para o serviço de Internamento (Puerpério) no 3º piso.

 

Internamento de Obstetrícia do CHMA

O internamento de Obstetrícia localiza-se no piso 3. Com ambiente climatizado, tem uma lotação de 17 camas distribuídas por 6 quartos. Cada quarto possui um WC próprio.

Apresenta áreas de trabalho apropriadas para a equipa de profissionais.

O internamento mãe-bébé é conjunto o que vai favorecer o processo de vinculação e facilitar a pratica da amamentação. A equipa de profissionais está apta para facilitar a transição para a parentalidade onde a presença do pai é permitida durante todo o período de internamento para participar ativamente nos cuidados diários ao filho.

Ao chegar ao internamento de Obstetrícia, será recebida pela enfermeira/o que fará a observação/avaliação geral e física tanto sua como do seu bebé.

Diariamente no período da manhã realiza-se a visita médica do obstetra e do pediatra.

Caso seja necessário contamos com o apoio de outras especialidades médicas e cirúrgicas.

A vigilância e a prestação de cuidados são asseguradas pela equipa de enfermagem que irá promover o autocuidado das puérperas e colaborar nos cuidados ao recém-nascido, promovendo a sua autonomia.

No internamento de obstetrícia do CHMA é disponibilizado:

Ø Rastreio auditivo – RANU - para detetar eventuais problemas na audição do bebé

Ø Administração de vacinas indicadas no Plano Nacional de Vacinação

Ø Rastreio das Cardiopatias Congénitas por oximetria, para detetar eventuais problemas cardíacos no bebé

Ø Pulseira eletrónica anti-rapto do bebé

Ø Projeto ’Nascer Cidadão’ - permite efetuar o registo de nascimento e solicitar o cartão de cidadão do bebé. Este registo é efetuado por um funcionário da conservatória do registo civil de Vila Nova de Famalicão, a funcionar nas instalações do secretariado do serviço de Obstetrícia.

Ø Projeto ‘Nascer Utente’ - após ter sido efetuado o registo de nascimento é possível através fazer a inscrição do recém-nascido no Sistema Nacional de Saúde, sendo atribuído um número de utente, permitindo de forma automática a inscrição no Centro de Saúde associado ao Médico de Família da mãe. Esta inscrição poderá ser realizada no secretariado do serviço de Obstetrícia.

 

No internamento também estão grávidas que necessitam vigilância contínua para tratamento e prevenção de complicações.

A duração do internamento depende do tipo de parto, sendo 2 dias para partos vaginais e 2 a 3 dias para cesarianas. A alta clínica, à mãe é realizada pelo obstetra e ao bebé pelo pediatra. A equipa de enfermagem validará toda a informação fornecida e orientação necessária.

Na alta hospitalar, serão fornecidas orientações ao casal sobre aos cuidados necessários a terem em casa com a puérpera e com o bebé, assim como é disponibilizado um contacto se necessário. É inspecionada também o Sistema de Retenção para Crianças (SRC – “cadeirinha do bebé”)

Imediatamente antes de sair será retirada a pulseira eletrónica do bebé.

A documentação da alta é fornecida pelo secretariado, nos dias úteis das 08h00 às 16h00. Os documentos referentes às altas de fim-de-semana poderão ser solicitados via telefone nº252300800, extensão 2303 ou via e-mail This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it. e solicitar a declaração do internamento para fazer o registo de bebé.

 

 

Horário de Visita ao Internamento

O pai do bebé ou acompanhante escolhido pela utente deve dirigir-se à portaria principal e solicitar o cartão de acompanhante. É permitida a permanência no serviço é .

 

 

Consulta Externa

Ø  Gestação de Termo

Ø  Obstetrícia Geral e Gravidez de Alto Risco

Ø  Obstetrícia - Patologia Endócrina (com apoio de Medicina Interna e Nutrição)

Ø  Ginecologia Geral

Ø  Uro-ginecologia e cirurgia reconstrutiva pélvica

Ø  Oncologia Ginecológica

Ø  Planeamento Familiar

Ø  Patologia Cervical

Ø  Rastreio do Cancro do colo do Útero

Ø  Senologia

Ø  Pré-operatório

Ø  Apoio à Fertilidade

Ø  Plano de Parto

Ø  Interrupção Voluntária da Gravidez

 

À consulta e respetivas subespecialidades são orientadas doentes provenientes dos Cuidados de Saúde Primários, do serviço de urgência, do internamento e das consultas de outras especialidades.

De realçar que existe uma Consulta de Grupo de Oncologia do CHMA onde são apresentados e orientados alguns casos de patologia mamária provenientes da consulta de Senologia, numa reunião semanal, onde participam também outras especialidades. Sempre que necessário as utentes da Consulta de Ginecologia Oncológica pertencentes à Unidade de Famalicão são orientadas para a Consulta de Grupo do Hospital de Braga, sendo as utentes pertencentes à Unidade de Santo Tirso reencaminhadas para a Consulta de Grupo do Instituto Português de Oncologia do Porto.

 

Bloco Operatório

O Serviço de Ginecologia e Obstetrícia utiliza o Bloco Operatório Central da Unidade de Famalicão, localizado no 1º piso, para a realização da Cirurgia Programada e Cirurgia de Urgência. Dispõe, semanalmente, de quatro períodos matinais para a realização de cirurgia programada, como por exemplo, histerectomias abominais/vaginais/laparoscópicas, anexectomias, correção cirúrgica de incontinência urinária e prolapsos urogenitais, cirurgias da mama, entre outras.

 

A Unidade de Cirurgia de Ambulatório localiza-se no Bloco Operatório da Unidade de Santo Tirso. Dispõe semanalmente de 4 períodos para a realização de cirurgia programada, como por exemplo, cirurgia endoscópica nomeadamente histeroscopia/ressectoscopia/laqueação tubar laparoscópica, conizações, biópsias vulvares, entre outras.

            

Diagnóstico Pré-natal  

O Diagnóstico Pré-Natal é “um conjunto de procedimentos com o intuito de determinar se um embrião ou feto é portador ou não de uma anomalia congénita “(Despacho nº 5411/97 de 6 de agosto).

O Centro de Diagnóstico Pré-Natal do CHMA situa-se na Clínica da Mulher no piso 0.

A equipa é constituída por 5 obstetras, 5 enfermeiras especialistas em saúde materna e obstétrica, 1 administrativa e 1 assistente operacional.

No diagnóstico pré-natal realiza-se:

1.    Rastreio Combinado do 1º Trimestre (rastreio bioquímico + ecografia do 1º trimestre) a todas as grávidas da área de abrangência do CHMA (folheto informativo INF.OBGI.005.v1)

2.    Exames invasivos da gravidez:

®      Biopsia das Vilosidades Coriónicas (Folha informativa IMP.CHMA.061.v1)

®      Amniocentese (Folha informativa IMP.CHMA.061.v1)

3.    Consultas de Diagnóstico Pré-Natal

4.    Ecografias do 1º Trimestre, 2º Trimestre e 3º Trimestre a todas as grávidas que vigiam a gravidez na consulta de obstetrícia do CHMA

5.    Ecografia 2º trimestre às grávidas com mais de 35 anos que não vigiam a gravidez no CHMA

6.    Ecografias às grávidas internadas no serviço de internamento de Obstetrícia

 

Meios Complementar de Diagnósticos

Ø  Ecografia Ginecológica

Ø  Colposcopia

Ø  Histeroscopia diagnóstica

Ø  Citologias cérvico-vaginais

Ø  Ecografia Obstétrica

Ø  Exames invasivos da gravidez

 

Contactos do Serviço

 

Contacto de IVG: 252 089 842

Linha de Apoio à Grávida: 910 509 089 (08h/22h)

Linha de Apoio à Grávida: 252 300 800 (22h/08h)

DPN: 912 435 989 (2ª a 6ª das 09h/15:30h)

 

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Page 1 of 2

     
Portal dos Profissionais Saúde 24 Portal do Utente Direção Geral de Saúde  
     
 Monitorazação SNS Perfis de Saúde Alimentação Saudável  Proteja-se do calor  
 

uf